Thursday, July 12, 2012

Imperfeiçao




















Na perfeição imperfeita de quem sou.
Nos becos cinzas e sujos que me escondo.
Vestida de um sentimento puro
Querendo compartilhar o branco
Aprender e ensinar o tudo
Imperfeitamente mulher,
Criança no sentir e viver
Humana no saber do ser
Despida da vaidade,
Do medo, entregue a realidade
Sujeita às tempestades,
Explosões e feridas
Toscas, imundas impostas
Pelos insones perdidos
Na busca do caminho fácil
Eu ali, sozinha na esquina,
Olhando a estrela e a lua,
Buscando o inesperado,
Desejando o impensável,
Superando, recomeçando.
Mesmo sem a beleza cantada,
Mesmo sem a sabedoria esperada,
Mesmo sem a certeza,
Ainda assim superando,
Ainda assim sendo,
Ainda assim amando.

No comments:

Post a Comment