Monday, October 10, 2011

Quero falar de Deus


Quero falar de Deus. Não, não é sobre religião, mas Deus. Nunca confundo uma coisa com outra. Religião é religião, Deus é Deus.

Religião tem limites, preconceitos, dogmas, idéias, medos, punição, Inferno e Paraíso. Proibido e permitido. Certo para alguns, errado para outros. Na religião somos sociais. Nos preocupamos com a roupa que nosso vizinho de oração veste, como ele chegou até ali: de carro, a pé, ônibus.

Na porta do templo comentamos as infelicidades de uns e outros, observamos com descaso aqueles que tem menos, com inveja aqueles que tem mais. É ali que combinamos o próximo almoço, convidamos os amigos que interessam para as festas em nossa casa e é nesse momento que nossa posição dentro daquele grupo social fica definida.

Algumas vezes contribuímos com dinheiro, objetos e até trabalho, sempre procurando deixar bem claro a todos o quanto somos especiais por fazer isso. Lemos os livros sagrados, mas somos incapazes de entendê-los, assim dependemos de outros para nos explicar. E cada um explica do seu jeito, pois cada um entende de seu jeito.

Livros que foram escritos por homens. Em tempos diferentes, com menos compreensão da grandiosidade do universo e menos entendimento do que realmente é Deus. Assim, normas de comportamento, modo de vestir e até comer, é colocado como desejo de Deus, regra Dele, quando na verdade era pura necessidade da época.

Religião é desculpa para guerra. Sempre se quer conquistar outras terras, poder e dinheiro usando a religião como razão. Motiva-se os inocentes, ignorantes, dizendo que Deus o quer assim. E lá vamos nós, em batalhas verbais ou físicas. Guerras santas ou pagãs, na tentativa de converter o mundo a nossa forma de pensar, ver e acreditar em Deus.

Religião é necessidade. Alguns dizem que é a droga do povo, outros seu balsamo, aquilo que permite até o mais infeliz prosseguir e ter esperança. De meu ponto de vista religião pode ser algo bom, desde que consumida com moderação.

E Deus?

Bem, Deus é uma única palavra: Amor. Ele não nos julga, afinal, somos sua criação e como crianças precisamos errar para aprender. Ele nos ampara, mesmo quando nosso vizinho ou família nos desampara totalmente. Ele abençoa nossos filhos, pois sabe que são frutos de um sentimento, e mesmo que não sejam, bem, ele os abençoa simplesmente porque são sua criação.

Deus nos deu este mundo, simples e complexo para viver. Nos deu uns aos outros e um cérebro para pensar, criar e imaginar. Ele nos fez em duas formas: homens e mulheres, nem um superior ou melhor que o outro, apenas diferentes em sua aparência, um jeito delicioso de perpetuar a espécie.

Deus nos observa a modificar o ambiente, a descobrir sobre nós mesmos. Como pensamos, funcionamos e criamos máquinas que tornam nossa vida melhor, mais longa.

E assiste às Guerras, a fome, aos crimes. São nossas escolhas, nossos medos e conceitos que nos levam a isso, não Deus. Ele ouve nossas orações, mas pensa: eles conseguirão sozinhos, senão para que eu os teria criado?

E Ele vai. Vagando por outros tempos, espaços e infinitos. Criando novos Universos, novas criaturas e espalhando o Amor. Que nos humanos deturpamos, esquecemos, até que restou apenas a frustração e dor.

5 comments:

  1. Também vejo Deus dessa forma… com um amor infinito, que independe da reciprocidade... Um Deus que acredita no homem e conhece os seus limites, ainda que nós mesmos não os conheçamos... Um Deus que só quer que acreditemos nEle e confiemos que Ele nos criou pra dar certo.

    Gostei muito do texto. Gosto do seu jeito de entender Deus.

    Rafaella Nolasco

    ReplyDelete
  2. Ah... Deus é mesmo tudo isso e muito mais!

    Se soubéssemos valorizar um pouquinho do seu imenso significado, certamente seríamos mais felizes...

    Beijocas, querida!

    ReplyDelete
  3. É assim mesmo que vejo DEUS Heleny.

    ReplyDelete
  4. O problema é que Deus virou desculpa para o fracasso e a Guerra. Perdeu-se o Amor....

    ReplyDelete
  5. Lindo Texto!
    Grande verdade!
    Parabéns pela sensibilidade!
    beijos
    https://www.facebook.com/mineirando

    ReplyDelete