Friday, June 10, 2011

Fenerbahçe



Existem coisas que entram em nossa vida sem mesmo nos dar tempo de pensar.  Foi assim com a Kizi Kulesi, simplesmente entrou e me levou por 11 mil quilômetros, do outro lada do Atlântico.

Depois İstanbul. Paixão a primeira vista e após meia hora queria mais. Queria tudo. Os sabores, os perfumes, as cores e acima de tudo as pessoas. Fiquei tomada pela cidade, quase como se tivesse nascido lá. Conhecia cada detalhe desocnhecido. Entendia cada nova paisagem.

Foi ali que conheci Efes, a única cerveja que consigo tomar sem ter problemas de estômago ou enjôo. Aprendi a comer coisas que normalmente não comeria em minha casa. Andei sozinha como nunca andaria em outro lugar no mundo. Subi e desci morros. Entrei e sai de lugares sagrados. Me renovei à beira do Bósforo. Sonhei na torre, cujo nome se parece com o meu.

Em İstanbul estão minhas flores prediletas: as tulipas. Em todas as cores, com seu jeito diferente de flor que sabe ser especial. É lá também que está Aysofya, o lugar no qual entro, sento e fico a pensar no passado e futuro, esquecida do presente. É o lugar no qual mais me encontro comigo mesma, liberto a imaginação, e a liberdade é tanta, que lágrimas teimam em rolar.

No estreito está a Kizi Kulesi, onde as lendas são românticas e vento bate forte, deixando o desejo de ter alguém abraçando e beijando você, só para aquecer o corpo e a alma. Do alto da torre se vê a cidade, sensação de guardião invade e novamente a magia acontece. Agora sou soldado valente guardando o palácio, estreito e tudo que representa aquele lugar.

E de sonho em sonho, realidade em realidade. Vou apropriando-me de cada pedaço dessa cidade. Pudica, sensual, clara e escura. Cidade que tem história em cada espaço e vida também. Andar por Sultanhmed, Taksim ou qualquer canto dali é inebriante, envolvente e considerável privilegio.

Foi ali que descobri que poderia gostar de algo que sempre refutei. Algo que em meu país é verdadeira mania, quase simbolo nacional: futebol.

É gostoso ver como a paixão é grande naquelas terras. Muito parecida na verdade com as daqui. Mesmo sofrimento, mesma alegria, mas existe algo diferente e isso não sei explicar. Certo refinamento nesse gostar. Não consigo entender por quê, mas não importa, pouco a pouco foi se apropriando de mim também. Primeiro por curiosidade, depois por sentimento.

Assim, mesmo de volta a meu país, na cidade que fica a 11 mil km de lá. Sentada em no quarto queria saber e torcer. Por um time, time quase desconhecido aqui, mas que roubou meu coração. Em suas cores a minha preferida: azul. Entre seus jogadores alguns conterrâneos, um deles o capitão. Mas não foi isso que me atraiu. Foi tudo e nada. Como disse ao começar, é inexplicável, impossível de entender.

Ainda não tenho paixão por futebol. Mesmo tendo um filho que tem. Mas quando o Fenerbahçe joga, meu coração entra em campo. Fico atenta a tudo e vibro a cada vitória. Nas derrotas? Redobro a esperança para a próxima e acredito que sempre vão conseguir.

Um time, em um lugar a 11 mil km de mim, me envolveu, conquistou e agora é amor e fim.

4 comments:

  1. Sua paixão pela Turquia e por tudo o que gosta lá é tão grande que contagia quem lê... Já me peguei até torcendo pro Fenerbahçe rsrs...

    Rafaella Nolasco

    ReplyDelete
  2. Futebol é sobretudo paixão. O Fenerbahçe te arrebatou assim como a Turquia. Há sentimentos que não comportam explicações, o amor e a paixão, creio que estão dentre estes. Consigo imaginar seu deslumbramento pelo país, uma vez que fiquei fascinado vendo-o em fotos suas. Da mesma forma, por meu amor ao querido Palmeiras, imagino o seu pelo não menos querido Fenerbahçe.
    Abraços, amiga.
    Zeamerico

    ReplyDelete
  3. NOSSA! VOCÊ REALMENTE É APAIXONADA POR ESTA CIDADE, QUE LINDO ISTO!

    ReplyDelete
  4. Oi, linda! É assim mesmo. Uma paixão leva a outras e por motivos enigmáticos. Muito lindo tudo isso. Eu aprendi a gostar de futebol por causa de meu filho, ele não tinha com quem comentar os jogos. Senti que podia aprender um pouco, mas não tenho time de preferência, é só para conhecimento de forma geral. Tenho certeza que Fenerbahçe é um começo de uma linda paixão pelo futebol que está acontecendo em você.

    Beijos! Grande abraço!

    @soniasalim

    ReplyDelete