Sunday, April 10, 2011

Necessidade


De onde vem essa necessidade de estar com você? De meu corpo ou alma? Da mente ou “coração”?  Por que de repente a única coisa que importa é saber se está bem, ouvir sua voz, tocar seu rosto, perder meu olhar no seu?

Queria ter o poder de me transportar e deitar agora a seu lado, ouvir sua respiração, observar o rosto tranqüilo enquanto dorme.  Ter o prazer de perceber que mesmo no sonho você procura e anseia por mim.

Reviver nosso caminho desde o início. Da manhã que começou a beira do cais e da noite que começou perto da torre. Sentir de novo seu gosto pela primeira vez e ser envolvida em um abraço que nunca havia sido meu. Perceber a ânsia em seus beijos, ânsia por saber que sou sua, por me prender a você, mesmo pensando que é impossível.

Quero aprender como pode dizer que não me quer, que ao partir me esquece assim, sem sequer se esforçar. Se a cada dia nesta distância, mais e mais você me pede. Mais e mais sente minha falta.

Preciso estar com você para garantir minha liberdade, pois é em você que eu a descobri. Necessito infinitamente de ser sua, mesmo não sendo; de saber que meu amor tem  espaço e mesmo não planejado, desejado, o seu me quer também.

Necessito dessa urgência que tem quando me encontra, quando no quarto fecha a porta e de repente nem me permite pensar, apenas sentir. Preciso desse medo que as vezes me toma, de que alguém ocupe meu lugar, medo que faz com que perceba o quanto esse amor é meu e como tenho sorte de você o desejar.

Preciso me imaginar a seu lado, nem que seja por um tempo. Apreciando coisas bobas, como sorvete, chocolate ou então um filme sem sentido na TV. E desses momentos que sinto falta. De ficar deitada em seu ombro ouvindo seu coração e tentando acompanhar o que passa na tela, sem conseguir

Ë imenso meu desejo de ouvir sua musica, que me toca, mesmo que a diga simples, incompleta, apenas “besteira”. Andar de mãos dadas, ouvir suas histórias e aprender o que ainda não sei.

Preciso tanto de você, mesmo sabendo que não precisa de mim. Ou precisa? Você me disse que o faço forte, mais audacioso, que lhe dou coragem e norte. Será? É mesmo assim? Quando esta comigo se sente mais centrado, forte, decidido, como se tirasse energia e esperança desse amor sem fim?

Não importa o que sinta, nem por quanto tempo o faça. Se for por agora ou para sempre. Apenas quero poder viver o que me der, receber o que esteja disposto a compartilhar e saber que para você, naqueles momento, sou eu e nada mais.

Se for para sempre, que seja sempre assim. Eu precisando de você e você de mim. Se não for, tudo bem, tenho coragem para prosseguir sem você. Não vou me perder, porque, dentro de mim, você para sempre vai viver.

Mesmo distante, mesmo sem mais nada sentir por mim, ainda assim minha necessidade por você vai existir. E vou buscar na memória, na luz da lua, no brilho da estrela,  a lembrança do nosso viver. As histórias que dividimos e assim vou reviver e acalmar essa necessidade de você.

Mesmo que diga que não será assim, que sempre vai querer e estar aqui. Mesmo assim quero que saiba: depois de você não haverá mais ninguém.

5 comments:

  1. Sabe... você consegue me surpreender a cada texto. Não sei se pela capacidade de colocar em palavras tão leves, reflexões e sentimentos tão complexos ou por conseguir te ver misturada a cada palavra escrita... vc deixa um pouquinho de você em tudo o que diz.


    Você é única, amiga! E tem um dom incrível!!!

    ReplyDelete
  2. Linda a maneira como você expõe seus sentimentos...
    Um semana de paz!

    ReplyDelete
  3. Minha doce Heleny,tão lindo, tão triste
    "Se for para sempre, que seja sempre assim. Eu precisando de você e você de mim. Se não for, tudo bem, tenho coragem para prosseguir sem você. Não vou me perder, porque, dentro de mim, você para sempre vai viver."
    Sempre me emociono lendo você...como sempre digo: Me vejo lendo você!

    Um beijo..saudades.

    Lana

    ReplyDelete
  4. Quanta paixão deliciosa!
    Beijo.

    BeteBarros

    ReplyDelete
  5. Que saudade de passar por esse cantinho que tanto me aproximou de você minha amiga.
    O mesmo trecho que a Lana escolheu eu ia escrever aqui porque também acredito nesse amor eterno onde mesmo que ambas as partes não estejam mais juntas pelo corpo, estarão sempre juntas pela alma.
    Eu posso imaginar seus olhos brilhando e as lágrimas presas querendo escorrer pela sua face enquanto você escreve,pois, nunca vi e nem verei uma história de amor tão real e linda como essa.

    ReplyDelete