Saturday, February 12, 2011

Você me pergunta


Comecei a perceber um olhar interrogativo de vez em quando, principalmente em seus silêncios. Como se buscasse a resposta para algo que não compreendia. E todo vez que perguntava: "O que? Você desconversava e fingia não entender. Eu ficava curiosa, pois aquele olhar me perscrutando, procurando em mim algo que eu mesma não sabia o que, aturdia, confundia e assustava. 

Pouco a pouco você deixou que me aproximasse a ponto de enfim fazer a pergunta: "Quem enviou você?"  E agora vive a me perguntar: "Quem enviou você?" A primeira vez que ouvi essas palavras não compreendi. "Enviou?" Como assim, ninguém me enviou. Só com o tempo fui compreender que você me julgava alguém enviado por algo ou alguém especial. Uma espécie de presente, dádiva ou milagre.

Eu demorei para pensar no significado dessa questão. Demorei dias para entender que aquela pergunta não tinha resposta. Ou possuía a mais complicada delas. Quem me enviou a você? O Universo.

Tudo aconteceu por acaso, acaso que não estava sob meu controle. Acaso que não procurei. Apenas aconteceu. Nosso encontro estava predestinado? Não sei. Sö sei que a conexão ocorreu de imediato e como almas que se complementam nos conectamos transformando tudo a nossa volta.

E tem sido assim. Dia após dia uma conexão, compreensão e confiança que nunca podia imaginar existir. É claro que discordamos, certamente discutimos, somos diferentemente iguais em muita coisa. Rio e mar, lua e estrela misturados em seres humanos imperfeitos e algumas vezes confusos.

Apenas o amor que sentimos nos faz caminhar, continuar a procurar o equilíbrio, compreensão o balanço que faz com que uma rocha fique suspensa no precipício e nunca desabe.

Temos ensinado um ao outro. Dado nosso corpo um ao outro. Transformando o desejo em puro sentimento, colocando no amor muita realidade. Crescido, migrado, fincado bandeira um no coração do outro. Criando um mundo melhor a nossa volta através dos sentimentos que temos um pelo outro.

Entretanto, mesmo com tudo isso você ainda me pergunta:  "Quem enviou você?" E minha resposta, meio sem jeito, é: "O mesmo que me enviou você."

8 comments:

  1. Quem enviou você? boa pergunta para se fazer quando alguém aparece do nada na nossa vida e faz uma verdadeira revolução de sentimentos, desejos, conceitos e tantas outras coisas.
    Como amiga eu não me importo em querer saber quem enviou você apenas gostaria de agradecer a esse alguém por ter me dado um dos presentes mais lindos que é ter a sua amizade.

    ReplyDelete
  2. Boa noite, permita-me...
    Dispensar as palavras que no momento não são necessárias para expressar o que sinto, permita-me ficar com a boca aberta pela beleza do trabalho, perfeito!
    Paz ao teu coração e sejas feliz!

    ReplyDelete
  3. Faço minhas as palavras da pequena poeta..rsrs Vc é uma das pessoas mais maravilhosas com q o universo me presenteou para eu renascer até para o amor. Este seu amado é um privilegiado e espero q reconheça isso..Obrigada Criador, por enviar essa luz e amizade na minha vida.
    Bjs
    Vânia
    @tatasbc

    ReplyDelete
  4. Enviou? Fomos criados, e quem nos criou nos fez partes que se completa noutras. O encaixe perfeito de todas as partes chamamos de UNIVERSO.

    ReplyDelete
  5. Querida Heleny,

    Palavras que sempre nos emocionam e tocam o coração!!

    Inevitável se encantar...

    Beijos, com carinho!

    ReplyDelete
  6. Ah, Leny.... eu quase sempre fico com a pulga atrás da orelha quando você fala assim comigo mas adoro esse Ah, Karina.... rsrs

    ReplyDelete
  7. Não sei quem enviou você, só sei que sou uma menina mais feliz depois que te encontrei!

    Beijos linda! ;-)

    ReplyDelete