Monday, October 18, 2010

Londres, O Romance

Falar de livros é sempre um prazer. Falar de livros que contam a história de uma de minhas cidades preferidas é como falar de doce. Este livro foi indicado por um amigo Maurelio (@MaurelioMen) e para aqueles que não apreciam leitura pode ser assustador: tem 1019 páginas. Para mim foi uma viagem deliciosa.

Londres é cidade única. Cada cidade européia o é. Mas Londres guarda em si muitos mistérios, história, certa magia. Inclua-se aí os mitos sobre o clima, o povo e outras peculiaridades que correm o mundo, e nem sempre são verdadeiras, e temos o estímulo perfeito para aceitar o desafio de conhecer e explorar.

Londres é a capital da Inglaterra. Uma cidade com mais de dois mil anos de histórias a contar. Centro do maior império que já existiu e ainda hoje, mesmo com todas as mudanças, transformações, conflitos e crises, ocupa lugar de destaque no cenário internacional.

Ao chegar ali, você pode sentir-se aturdido com o movimento do aeroporto, supreso também pela eficiência. Claro que existe problemas e certa confusão às vezes, mas nada que não seja resolvido com eficiência, distanciamento. Funciona, isso é o que importa.

Saindo do aeroporto o que esperar. História e muita. Temos Londres para todos os sonhos, gostos e curiosidades. Londres Romana. Você encontrará parte dela perdida no meio da cidade atual, ou então nos museus convidativos e estimulantes que existem em profusão pela cidade.

Tem a Londres Medieval. Vista na arquitetura de suas pontes, nos museus, como o Tate Britain, a National Gallery e muitos outros. Pouco sobreviveu ao grande incêndio de 1666, mesmo assim, encontramos indicios e nossa imaginação pode completar as lacunas.

Londres Elisabetana retrato de uma corte teatral, regida pela maior atriz, uma mulher que sabia como ser e estar. Tem a Londres restaurada após a Guerra Civil e o incêndio de 1666. A Georgiana, Vitoriana. A  Londres das guerras e do pós-guerra. A Londres moderna, que agora está decidindo como continuar a ser.

Se você já conhece Londres, ao ler esse livro reviverá cada passo que deu e começará a compreender melhor. Se não a conhece, viaje juntamente com os personagens, não só pelo espaço, mas pelo tempo.

Londres, O Romance, livro de Edward Rutherfurd, não é um livro de história, mas poderia ser, e o que é melhor: divertido. É um passeio através de gerações e gerações de famílias que ele usa como desculpa para contar como Londres chegou aos dias de hoje. Vale a pena enfrentar o peso aparente do livro, ele na verdade é envolvente, divertido e para quem ama o mundo, uma excelente  porta para compreender o povo que habita a ilha arrancada do continente há muitos milhares de anos, que se transformou e seguiu durante anos como sede de um Império.

Visitar Londres depois de ler o livro é deixar nossa imaginação mais afiada e acima de tudo olhar com maior entendimento e discernimento para aquilo que estamos vivenciando. 

1 comment:

  1. Boa tare, permita-me...
    Uma boa literatura é o melhor par de asas que você deve doar ao ser humano, ele se trensforma num anjo da sua própria imaginação e parte para o desconhecido como se fizesse parte do cenário da estória contida e vive a deliciosa ilusão de viver outra vida.
    Parabéns, é lindo; obs, tem um errinho no último parágrafo.ção. Seja feliz.

    ReplyDelete