Friday, August 20, 2010

Meu desejo



Sou toda desejo hoje. Profundo, doce, arrebatador desejo. É um daqueles dias de céu azul, temperatura amena e o sol parece mais avermelhado do que amarelo. Um dia de verão, de sair pelas ruas, sentar num bar e apreciar uma bebida gelada e conversar, muito.

O dia que começou bem, com nossa música tocando,  seu perfume em mim e os traços de um sonho na memória. Sonhei, é claro, com você. Não podia ser diferente, você tem estado em minha vida desde sempre, num eterno emaranhado de lembranças e sonhos.

Não, você não está aqui,  aliás, nem sei onde está. Sempre pelo mundo, apresentando a beleza deste àquele que não consegue enxergar sozinhos.. Sempre vagando solitário a busca de alívio para a solidão, solidão que sequer percebe que aprecia. E quanto não me preocupam suas andanças, seus encontros com desconhecidos, sua busca por alívios que o levam a beira do abismo. Quanto não penso que suas ausências podem significar para sempre, uma despedida sem adeus - algo típico de você - um deixa para lá, não foi desta vez. Mesmo assim, nada digo,  essa é sua vida, assim você é feliz.

Esse medo de perder você é só meu,  não divido com você, nem com ninguém. Não digo para ter cuidado, ligar quando chegar ou mandar um recado eletrônico. Simplesmente desejo boa sorte, diversão e mando um beijo, você agradece e vai. Da últma vez, você fez meu coração pular, disse:  "Amo você",  nunca havia dito. Eu tinha me acostumado a não ouvir. Você disse, eu repeti e o telefone desligou. Foi o até logo mais lindo que tive. Penso nele toda hora,  mesmo depois de tanta ausência.

Mas era de meu desejo que ia falar e não de você. Só que meu desejo é você.

O desejo perto de mim, dividindo nossas histórias e sonhos, procurando por aventuras e novos aprendizados. Crescendo juntos. Meu desejo por você é tão grande que algumas vezes parece que metade de mim está perdida pelo mundo, procurando e não encontrando o que deixou aqui.

Esse tal desejo que tenho por você é complexo, começa com sua mente e termina em seu corpo. Vai do carinho em seus cabelos à sensação de ter você dentro de mim. Desejo sua mão na minha, a boca tornando impossível minhas palavras. Seu corpo tão perto que se funde ao meu, fica parecendo um.

Desejo de ver você sorrindo ou chorando, mas estar perto para beijar cada sorriso ou cada lágrima. Desejo de sentar a seu lado para ouvir uma história, música ou simplesmente o silêncio Desejo de nunca mais ouvir o som do adeus,  apenas os murmúrios de um até breve.

Desejo. Você o despertou em mim. Meu desejo estava morto, esquecido, tinha sido soterrado por todo desamor e indiferencça que vivi,  mas você me mostrou que posso senti-lo, que posso ter meu desejo de volta e viver de novo.

Foi meu desejo por você que me levantou e fez caminhar. Foi ele que mostrou minha capacidade de ser, criar, fazer a mágica com as palavras. Você e meu desejo por você me reconstruíram. Por isso, meu desejo por você é também o desejo por mim.

Volta logo, deixe eu ouvir sua voz, sentir sua mão em meu corpo, sua mente trabalhando e me ensinado. Vem, fica perto. Sinta-se livre a meu lado, não vou aprisioná-lo, possuir ou dominar, apenas vou amar e desejar. 

1 comment:

  1. Bom dia, permita-me...
    Pouco a pouco fui fazendo de você meu oxigênio, a minha necessidade, nunca te prendi, mas fui ficando preso a você... Porquê? Não sou um parasita, tenho vontades próprias, autonomia e sou um lutador. Já sei... É o amor! Que usamos como cola para ficar grudados um no outro.
    Belo teu texto, parabéns!
    Paz ao teu coração e sejas feliz!

    ReplyDelete