Monday, August 30, 2010

Eu


Existem pessoas que acham que não existo. Sou miragem, ilusão. Alguém inventado, falso ou fantasia.

Por quê?

Primeiro porque falo o que sinto. Não me escondo. Disfarço. Fantasio. Sou eu, sempre eu ali. Nas palavras que escrevo. Nos desenhos que faço. Até mesmo nos gestos e lágrimas. Sou e ponto final.

E daí? O que isso é diferente? O que faz que os outros duvidem?

Acho que é o fato de acreditar em amor. Amor de todos os jeitos. Cores, tamanhos e estilos. Amor, simples assim. Como sempre digo.

Sou aquela que AMA dizer bom dia aos amigos. Estejam eles do outro lado da janela ou da tela. Não só aos amigos, gosto de dizer bom dia a qualquer um que passe em minha frente. E isso parece tão estranho por aqui, que tem gente fugindo de mim.

Tenho gosto pela palavra. Gosto enraizado, que compartilho com todos. Tirando de minha alma, entranhas e mente algo para mexer com a imaginação, acalentar o coração ou simplesmente tornar a alma mais leve. Adoro dar às pessoas sonhos. Qualquer tipo.

Sonho de paixão. Sonho de razão. Sonho de possibilidades. Sonhar é tão bom, tão intenso, mas de nada vale se não realizarmos pelo menos 99% de nossos sonhos.

Amo dividir, mas também que dividam comigo. Minhas “portas” sempre estão abertas. E-mail, Dms, replies, posts, ligações, seja qual for sua escolha  sempre estou aqui. Disposta a ouvir e ficar ali a seu lado compartilhando. Sem julgar ou criticar.

Sou sonhadora e idealista. Tola às vezes. Simplista em minhas idéias. Simples em minhas emoções.

Não temo ninguém. Isso significa que, por mais que me machuquem sempre acho que vale a pena, aprendi algo, cresci e ganhei mais uma cicatriz para despertar um novo sentimento, nova emoção.

Assim, me entrego. Às amizades, paixões e amores. Sou do tipo que se preocupa, mesmo quando está longe. Penso, repenso sobre cada uma das pessoa que tocam minha vida.

Sou julgada por minha liberdade. Minhas emoções. Minhas palavras. Não importa. Não se pode conter aquilo que corre debaixo de sua pele querendo sair. E na minha corre emoção em estado puro que transformo em palavras.

Tenho afeto de sobra para dar. Dou e raramente fico preocupada em receber. Digo raramente, porque sou humana e preciso de afeto também. Mas aprendi a receber de quem me deseja amiga, parceira, mulher ou amante.

Sou eu assim. Simples ser humano. Simplesmente apaixonada pela vida. Completamente viva.

E por ser assim, ninguém acredita em mim.

3 comments:

  1. Primeiro dizer que você está linda!
    Segundo que você é perfeita escrevendo e eu fico aqui babando nesses escritos.
    Parabéns pela pessoa que você é e pela maneira como escreve isso.

    Théo

    ReplyDelete
  2. Quem disse que ninguém acredita em você? Acredito sim. Tanto acredito que leio, releio e penso: "Que liberdade deliciosa que ela tem!"
    Continue sempre assim, sincera e transparente.
    Um beijo!
    Lana

    ReplyDelete
  3. Descubro a cada dia , que me identifico mais com você ! parabéns mais uma vez pelo texto maravilhoso

    ReplyDelete